14 abr 2017

Os carinhos começam a sumir do relacionamento? Saiba por que isso acontece e o que fazer para reverter o problema

Uma pesquisa feita em Munique, na Alemanha, mostra que é bastante comum acontecer a diminuição da satisfação sexual com o tempo, nos relacionamentos.

Apesar de a cultura europeia ser diferente da nossa, existe muita semelhança quando se trata de relacionamentos.

A pesquisa mostra que, após o primeiro ano de relacionamento. Pode-se imaginar que morar junto seja difícil, não é? Mas essa não é a principal razão da baixa da satisfação sexual. O que mais ocasiona esse afastamento sexual é a falta de intimidade e o excesso de brigas.

Enylda Motta, psicóloga e sexóloga, afirma que os 2 primeiros anos de casamento são de adaptação, porque é nessa fase de que descobre como lidar com as diferenças: hábitos, costumes, vontades e temperamento são apenas algumas delas.

A psicóloga acredita que quando o casamento entra na rotina, o casal deve ser criativo. As brigas, a rotina, o estresse da vida a dois e o aparecimento dos filhos são fatores fundamentais para o desinteresse sexual com o parceiro, isso porque se perde o foco do casal e se mantém focado nos problemas.

A sexóloga Enylda Motta atende famílias em seu consultório para terapia sexual e familiar e afirma que, para sair da rotina e viver a sexualidade novamente, o casal deve atentar-se as seguintes dicas:

Valorize o diálogo, aprimorando a escuta

Dialogar é entender o outro e fazer-se entendido. Para entender, é necessário deixar as defesas de lado, “baixar a guarda” e ouvir com o coração aberto. Muitas vezes criamos monstros que não existem e, através do diálogo, esses monstros são desmistificados.

Buscar interesses comuns na área sexual

Você sabe o que o seu parceiro gosta? Algumas pessoas não conversam sobre sexo e procuram satisfazer fantasias das quais têm vergonha, com outras pessoas. Converse sempre. Saiba o que o outro gosta. Fale de si e tentem achar um ponto comum para renovarem o prazer juntos.

Dar carinho e atenção

A rotina do dia-a-dia tira o foco do outro, tira a atenção do outro. Já não se ouve mais. O carinho começa a se esvair e a tendência é a separação de almas, em seguida, a de corpos. Dê afeto, ouça, preste atenção ao outro. Isso renova laços de intimidade e carinho.

Conhecer novos lugares

Não há necessidade de se ir longe ou de se gastar muito dinheiro, mas sair do local que marca a rotina é fundamental. Um jantar a dois, um passeio em um parque, são apenas alguns exemplos do muito que pode ser feito.

É claroq ue a fotografia mostra um lugar maravilhoso, mas mesmo sem grana dá pra conhecer lugares novos. Procure saber o que há em sua cidade para ser explorado. Até um piquinique num parque da cidade pode ser uma situação nova e inesperada.

Faça surpresas para ele(a)

Prepare um jantar só pra vocês dois, leve uma rosa, vista algo diferente que demonstre que você fez aquilo especialmente para seu parceiro. É claro que isso serve tanto para homens quanto para mulheres.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *